::Guia Prático do Blog Intelectual ::

Retirado do Blog Samambaias


Se o seu blog anda meio desanimadinho??? você não agüenta mais escrever sempre os mesmos posts??? e pior... ninguém agüenta mais LER os mesmos posts??? ninguém mais coloca comentários, e quando coloca, é propaganda de provedor??? e sua conta de estatísticas foi fechada por inatividade???

Chegou a solução: As 7 Atitudes de um Blog Intelectual. O guia do blogueiro que não tem nada a dizer.

Com apenas um capítulo por dia de aprendizado, ao final de uma semana você terá um blog repleto de conteúdo e informação!!! Este é o único guia prático de blogs intelectuais aprovado pelo Paulo Coelho. Imperdível!

1 - Nome Do Blog:

O nome do blog intelectual deve ter pelo menos 17 sentidos diferentes. Algo eternamente belo para apaixonados, incrivelmente sensível para suicidas ou exatamente aquilo que os práticos sempre pensaram. Para cada pessoa uma interpretação. Sempre incompleta, é claro. Caso você não seja capaz dessa proeza lingüística, pense uma palavra qualquer e traduza para o alemão. Pronto! Você já tem o nome do seu blog intelectual.

2 - Layout do Blog:

Não use imagens. Não use cores. O fundo deve ser branco com fonte times new roman preta. Use no máximo fontes em negrito nos títulos, ou se você for muito ousado, underline. Quanto mais seu blog ficar parecido com um editorial financeiro do New York Times melhor. Qualquer artifício visual pode desviar o leitor do verdadeiro foco do seu blog.

3 - Perfil do Blogueiro:

Existem várias alternativas para adotar e tornar-se um verdadeiro blogueiro intelectual:

1) Seja depressivo. Veja sempre o lado ruim das coisas. Sempre que possível, deixe bem claro o quão solitário é... mostre ao mundo quanto toda essa medíocridade a sua volta o deprime. Uma boa dica para o blogueiro intelectual deprimido é passar alguns períodos sem postar nenhuma mensagem... isso gera certa apreensão mórbida no seu público leitor.

2) Seja neurótico. Ser neurótico é chique. Pessoas não neuróticas tendem a ser obesas, lentas e passivas. Já os neuróticos reagem com maior intesidade às adversidades. Mesmo que não sejam exatamente adversidades. Para mostrar-se um blogueiro intelectual neurótico fervoroso, deixe bem claro o quanto as pequenas coisas o irritam. O trânsito... os flanelinhas... os idosos que não pagam ônibus... os atendentes do Mac Donalds...

3) Seja crítico. Sim... critique tudo! Desde o processo de globalização até a peça de teatro infantil da filha da enteada da sua vizinha. Para poder posicionar-se perfeitamente como um blogueiro intelectual crítico de primeira é importante saber que existem dois tipos básicos de intelectuais... os que criam... e os que criticam. Caso você não se encaixe no primeiro caso. Não vacile. Caia de cabeça no segundo.

4) Seja sensível. Não adianta ser um intelectual sem coração. Mostre que você tem sentimentos. Você é um ser humano... você pensa... e justamente por pensar... você chora. Chora pelos corais do Pacífico. Chora pelo o que a sociedade tornou o Fernandinho Beira Mar. Chora pelo amor não correspondido à Lara Flynn Boyle. Chore apenas por coisas irreparáveis, caso contrário sua sensibilidade terá sido em vão.

5) Dicas gerais de postura intelectual:
- Nunca poste mensagens antes da 1:00AM.
- Sempre que possível, poste o maior número de mensagens entre sexta-feira a noite e domingo de manhã.
- De tempos em tempos escreva algo que nem você entenda, por exemplo: "A massa do eu é um todo complexo e coeso". Mostra que você é uma pessoa complexa... cheia de pensamentos multifacetados.
- Fale palavrões. Depois de um longo texto sobre intolerância religiosa, por exemplo, termine com um 'foda-se'. Dá muito mais força aos seus argumentos. Mostra convicção.

4 - Títulos dos Posts:

Jamais... entenda bem... JAMAIS coloque um título de post com menos de 9 palavras, sendo que destas, 3 devem ser quadrissílabas. É imperativo que contenha pelo menos um nome próprio, de preferência composto. Nomes estrangeiros são muito bem recebidos.
Alguns títulos de post bem sucedidos:
"A verdadeira psicodinâmica das cores complementares segundo as variantes trinomiais de Ludwig Van Helsing"
"Uma breve análise do parnasianismo espanhol sob o prisma do pré-modernismo da Tchecoslováquia pós-guerra"

5 - Conteúdo:

O conteúdo é o item mais importante para que seu blog seja comentando nos altos círculos literários. Geralmente, você pode falar o que bem entender, pois o blog é seu e os visitantes são conseqüência. Porém existem alguns assuntos de interesse geral, que bem explorados, podem prender a atenção de seus leitores por mais de 20 linhas:

Cinema: É um ótimo tema potencial para blogs intelectuais.
O primeiro passo é deixar bem claro aos seus leitores que você assiste a um filme exatamente como um cardiologista assiste a um cateterismo. Isso feito, escolha um repertório de filmes não-americanos jamais vistos fora dos circuitos alternativos de cinema. Quanto mais distante geograficamente for o país de origem do filme em questão, melhor a crítica. Filmes iranianos ou chineses são uma ótima pedida. Faça sempre que possível referências ao DOGMA, exaltando-o como movimento expressivo do cinema mundial.
Se você preferir falar do mundano cinema americano, faça comentários do tipo: "A edição de Titanic é maravilhosa" ou "A direção de arte de Matrix deixa um pouco a desejar".

Notícias: É importante que seu blog tenha dinamismo, e acima de tudo, mostre que você é uma pessoa atualizada nos mais diversos assuntos. Você pode facilmente agregar várias informações valiosas às notícias do dia-a-dia. Por exemplo, ao dar o resultado de um jogo Corinthians 3 x Palmeiras 1, você não precisa falar apenas do desempenho dos centro-avantes, mas pode elaborar uma grandiosa dissertação sobre o futebol como ferramenta de alienação do povo.

Poesia: Definitivamente, um blog intelectual sem poesia não é um blog intelectual. Infelizmente, poesia não é para qualquer um... mesmo intelectuais. Caso você não consiga fazer mais do que versos de 'coração', 'paixão' e 'violão', existe uma solução simples e prática para tornar-se um poeta efetivo. 1) Pegue um dicionário da língua portuguesa. 2) Sorteie uma página aleatóriamente. 3) Feche os olhos e com a ponta do dedo indicador escolha uma palavra qualquer. 4) Anote-a... repita esse processo quantas vezes achar necessário e ao final, coloque-as todas no seu blog separadas por reticências. O resultado ficará parecido com:

familiar... mandato...
propalar... colocíntede...
punibilidade... trituramento...
infieldade... surto...
alcaboz... áspide...
defendente... oreógrafo...

Não se preocupe em encontrar algum significado. Seus leitores com certeza encontrarão.

4) Serviços: para aumentar a audiência do seu blog, você pode prestar alguns serviços ao seu público cativo. Um ótimo exemplo de serviço é um calendário de eventos culturais. Além de passar valiosas dicas de lazer aos seus leitores, você mostra que está a par do cenário cultural de sua região. Exemplo:
"Galera! Hoje a noite vai ter o show solo Terra, Raízes e Sentimento do percussionista Duca Mirandinha. Vai ser demais! Quero ver todo mundo lá, hein?"

6 - Links para blogs amigos:

Depois que notarem a riqueza intelectual do seu blog, centenas de amigos irão pedir que coloque um link para seus sites. NEGUE! Caso contrário você terá uma infinidade de blogs inúteis ligados ao seu, cheios de bobagens como receitas de muquecas de camarão ou resultados parciais do Brasileirão. Considerando que intelectual não necessariamente é mal educado, seja polido e diga aos seus amigos que existe um incompatibilidade editorial (tm Jodie) entre os blogs, impossibilitando assim a troca de links. Caso você queira expandir os horizontes do seu blog, coloque links para sites de outros intelectuais tão ilustres quanto você, por exemplo, Stephen Hawkins, Thomas H. Davenport ou Paul Kogan.

7 - Comentários:

Este é um erro muito comum entre os blogs intelectuais. De nada adianta você fazer um post de trezentas linhas fazendo parelelos entre 11 de setembro e o surrealismo francês e ter sua lista de comentários cheia de pérolas como: "AEEE MANU!!! MANDO BEM!!!! VC RLZ AS TETA !!!!" ou "Oi Má !!! É a Cá !!! Muito fofo esse seu blog, viu??? Te vejo no shopping !!! Bjos MIL !!!!". Somente um comentário desses e sua vida de blogueiro intelectual está seriamente comprometida.